Como Prevenir estrias na Gravidez

Ainda existem muitas dúvidas em relação às estrias, muito confundidas com celulite, embora não tenham nada à ver uma com a outra, enquanto as estrias são cicatrizes que se formam por distensão da pele, celulite é um depósito de gordura sob a pele, que deixa um aspecto de casca de laranja

As estrias surgem com a destruição das fibras elásticas e colágenas, responsáveis pela sustentação e elasticidade da pele. Ou seja, as fibras suportam até um certo limite, se a pele for esticada de forma excessiva, eles se rompem e surgem as estrias.

Por isso, elas aparecem, geralmente, quando há uma oscilação muito intensa de peso, como em gestações, por exemplo.

No mais, as estrias podem aparecer em qualquer idade e em homens também, geralmente, em regiões como quadris, coxas, nádegas, culotes e mamas.

Uma solução recente, o Silk Skin funciona para prevenir o surgimento das estrias e até para diminuir elas consideravelmente, no decorrer do artigo vamos falar sobre outras formas de prevenção, não perca..

Tipos de estrias

É preciso saber que existem três tipos de estrias, as vermelhas ou arroxeadas, as brancas superficiais e estreitas, e as brancas profundas e largas.

Dentre todas, no entanto, as vermelhas ou arroxeadas são mais recentes e por isso, mais fáceis de tratar, já que ainda há sangue circulando no local, ou seja, o tecido não foi completamente danificado.

As cicatrizes formadas pelas estrias, com o tempo, vão perdendo a tonalidade até ficarem esbranquiçadas, sendo, então, necessário investir em um tratamento mais intenso, visando estimular a produção de colágeno e elastina.

No caso das estrias apresentarem cicatrizes largas e profundas, aí então, é preciso considerar métodos mais invasivos, justamente, para estimular, de dentro para fora, o preenchimentos das estrias.

Enfim, felizmente, hoje já podemos contar com opções diferenciadas, visando tratar cada tipo de estria, se não fazendo com que desapareça, ao menos, amenizando muito seu aspecto, deixando a pele menos marcada. São tratamentos que vão desde cremes até lasers, dermoabrasão, dermaroller e peelings específicos e, em casos mais graves, cirurgia.

Como prevenir as estrias na gravidez

Infelizmente, as estrias são muito comuns, quase inevitáveis, entre quem faz dietas muito radicais e vive em efeito sanfona, ou seja, engordando e emagrecendo, e também, claro, em gestantes, durante a gravidez.

Na verdade, quando o assunto é estética, as estrias estão entre as principais preocupações das gestantes.

Como é possível imaginar, com o crescimento do bebê e, claro, da barriga, a pele estica e, em alguns casos, estica muito, causando essas cicatrizes indesejáveis em algumas regiões do corpo, que também podem ser ocasionadas pela hereditariedade, não só pelo ganho de peso.

Embora algumas mulheres tenham a pele bem mais elástica que outras, prevenir ainda é o melhor remédio para evitar as indesejáveis estrias.

Hidratantes

Por isso, a dica é, confirmada a gravidez, procurar começar imediatamente os cuidados com a pele, até o final da gestação, abusando de hidratantes específicos para grávidas, geralmente, compostos por óleos e ativos naturais, evitando produtos com ureia em sua composição, que não são indicados para grávidas.

Hábitos saudáveis

Outra dica, claro, é procurar investir em hábitos de saudáveis, desde beber muita água, manter uma alimentação balanceada e procurar praticar exercícios físicos regularmente, todas essas atitudes, apesar de simples, podem fazer toda a diferença, prevenindo as estrias.

Controlar o peso

Por fim, como não poderia deixar de constar nessa lista de prevenção, é fundamental procurar se manter no peso adequado, justamente, para evitar que as estrias apareçam.